Blog Alma Missionária

Blog Alma Missionaria

domingo, 29 de junho de 2014

29JUN2014

São Pedro e São Paulo são as duas colunas da Igreja

Com São Pedro e São Paulo, as duas colunas da Igreja, o Senhor quis estabelecer a Sua Igreja – sinal permanente da presença de Deus no meio do Seu povo.
“Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la” (Mateus 16, 18).

Hoje celebramos as duas colunas da Igreja: São Pedro e São Paulo. O próprio Senhor  quis, com esses dois homens, estabelecer aquilo que seria a Sua Igreja – sinal permanente da presença de Deus no meio do Seu povo. Deus quis uma Igreja, Jesus instituiu uma Igreja.
A Igreja é o sacramento da salvação; é a presença do Cristo no meio de nós; é o próprio Corpo de Cristo vivo e atuante. Uma vez que nós entendemos a importância da Igreja, uma vez que o povo de Deus se congrega a essa instituição divina e não humana, o Senhor quis contar com colaboradores frágeis, mas revestidos da Sua graça para que a Sua Igreja se expandisse.
Duas notas muito importantes para que possamos compreender a Igreja no mundo: a primeira delas é a unidade. A unidade da fé, a unidade do Corpo de Cristo, a unidade dos membros, a unidade com a Cabeça da Igreja, que é o próprio Cristo Senhor. Daí a figura de Pedro, aquele que representa a unidade da fé.
O Papa, o Sucessor de Pedro, não é aquele que é o mandatário da Igreja; ele é o maior e o primeiro dos servidores, mas é na figura dele, é na pessoa dele, é naquilo que ele exerce que se configura a unidade do Corpo místico de Cristo.
É tão bom ser cristão, é tão bom ser católico; aonde quer que você vá e ande no mundo inteiro a Igreja é a mesma, tem suas diversidades de línguas, de culturas e de expressões. É maravilhoso no Japão, você tem a mesma Missa Católica. Na Coreia, na Europa, você vai na Ásia, aonde quer que você vá existe uma só Igreja, existe uma só fé, os dogmas, as verdades e a Liturgia.
A segunda nota é que a Igreja é católica (“católica” significa “universal” em grego). Tudo isso está configurado na pessoa de Pedro, mas a Igreja também é missionária, é carismática e se expande por todo o mundo, daí a importância da figura de São Paulo, incansável, movido pelo Espírito Santo, levou por todo o Mediterrâneo a Palavra do Evangelho, com coragem, ousadia, mas, sobretudo, movido pela força do Espírito.
A Igreja quer ser una, mas também quer ser católica como o Senhor quis dizer: ela contém toda a verdade da fé para todos os povos e todas as gentes.
Que Pedro e Paulo roguem pela Igreja do Senhor, para que ela seja cada vez mais una e missionária na pregação do Evangelho!
Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. FacebookTwitter
Postar um comentário