Blog Alma Missionária

Blog Alma Missionaria

quarta-feira, 19 de março de 2014

Papa fala de conversão e alerta sobre perigo da hipocrisia

Quaresma

Em homilia, Francisco lembrou que Quaresma é tempo de conversão. Ele alertou os fiéis sobre o perigo de “maquiar-se” de santo, vivendo na hipocrisia
Da Redação, com Rádio Vaticano
papa_conversãoNa Missa desta terça-feira, 18, Papa Francisco refletiu sobre o tempo da Quaresma, que a Igreja vive à espera da Páscoa. Ele comentou que este é um período para conversão, para ajustar a vida e aproximar-se de Deus. Francisco também alertou os fiéis sobre o perigo da hipocrisia, de querer “mascarar-se” de santo.
Citando a Primeira Leitura do dia, em que Deus chama à conversão duas “cidades pecadoras” (Sodoma e Gomorra), Francisco explicou que isso evidencia que todos precisam mudar de vida. Ele lembrou que a Quaresma é justamente esse “ajuste” de vida, mas Deus quer uma aproximação sincera e alerta sobre a hipocrisia.
“O que fazem os hipócritas? Mascaram-se, disfarçam-se de bons: rezam olhando para o céu, fazendo-se ver, sentem-se mais justos que os outros, desprezam os outros. ‘Mas – dizem – eu sou muito católico, porque meu tio foi um grande benfeitor, a minha família é essa e eu sou…eu aprendi…conheci o bispo tal, o cardeal tal, o padre tal…eu sou’. Sentem-se melhores que os outros. Esta é a hipocrisia”.
Mas o Senhor diz ‘não’ a essa atitude hipócrita, destacou o Papa.  É preciso aproximar-se de Deus para não ser cristão maquiado, que, quando passa essa aparência, vê-se que na verdade não são cristãos.
O Santo Padre retomou a Primeira Leitura e indicou o que é preciso fazer para que isso não aconteça. A resposta vem do próprio Deus: “Lavai-vos, purificai-vos. Tirai a maldade de vossas ações de minha frente. Deixai de fazer o mal! Aprendei a fazer o bem!” (Is 1, 16-17).
O sinal de que se está no caminho correto é, segundo Francisco, ajudar o oprimido, defender a viúva, cuidar do próximo, do doente, daquele que tem necessidade, como relata a Palavra. O Papa explicou que os hipócritas não sabem fazer isso, porque estão muito cheios de si mesmos para olhar para os outros.
Estas ações não constituem toda a conversão, observou o Papa, porque se converter, de fato, é encontrar-se com Jesus, mas são sinais de que se está com Cristo.
“O sinal de que estamos afastados do Senhor é a hipocrisia (…) O Senhor dê a todos luz e coragem: luz para conhecer o que acontece dentro de nós e coragem para nos convertermos, para nos aproximarmos do Senhor. É belo estar próximo d’Ele”.
Postar um comentário