Blog Alma Missionária

Blog Alma Missionaria

quinta-feira, 3 de abril de 2014


Papa explica que oração deve ser livre e insistente

"Diálogo entre amigos"

Oração deve ser feita como um diálogo entre amigos, disse o Santo Padre
Da Redação, com Rádio Vaticano
Papa explica que oração deve ser livre e insistente
Francisco celebra pelas manhãs na Casa Santa Marta, onde reside / Foto: L’Osservatore Romano
Na Missa desta quinta-feira, 3, na Casa Santa Marta, Papa Francisco falou da oração, que deve ser feita com liberdade e insistência, como um diálogo sincero com um amigo. Ele destacou que a oração muda o coração, porque faz conhecer melhor como Deus realmente é.
diálogo de Moisés com Deus no Monte Sinaiesteve no centro da homilia de Francisco. Deus quer punir o Seu povo por ter feito um ídolo, o bezerro de ouro, mas Moisés reza com força e pede que Ele repense.
“Essa oração é uma verdadeira luta com Deus. Uma luta do líder para salvar o seu povo, que é o povo de Deus. E Moisés fala livremente diante do Senhor e nos ensina como rezar, sem medo, livremente, também com insistência. Moisés insiste. É corajoso. A oração deve ser também um ‘negociar’ com Deus, levando argumentações”.
No fim, Moisés convence o Senhor, que desiste do castigo com o qual havia ameaçado o povo. O Papa então se questiona: quem mudou de opinião? “Não creio que seja o Senhor”, disse. Quem mudou foi Moisés, porque ele acreditava que Deus destruiria o seu povo e busca, na sua memória, as coisas boas que havia feito para ele, como libertá-lo da escravidão do Egito, e levado avante a Sua promessa. E com essas argumentações, tenta convencer Deus. Todavia, nesse processo, ele encontra a misericórdia divina.
Moisés sabia de tudo isso, mas não estava plenamente consciente; na oração, redescobriu esse aspecto. O Pontífice explicou que é isso o que a oração faz, ela muda o coração, faz entender melhor como é Deus.
“Mas para isso é importante falar com o Senhor, não com palavras vazias, mas com a realidade: ‘Olha, Senhor, que estou com esse problema na família, com meu filho… O que se pode fazer? Olha, o Senhor não pode me deixar assim’. Essa é a oração!”, disse o Papa, recordando que rezar toma tempo, pois é o tempo necessário para conhecer melhor Deus, como se faz com um amigo (…) Que o Senhor dê a todos nós a graça, porque rezar é uma graça”, concluiu.

Comentários

4 comentários
Postar um comentário