Blog Alma Missionária

Blog Alma Missionaria

terça-feira, 29 de julho de 2014

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Especialista em Cyberteologia fala da visão da Igreja sobre a internet

Especialista em Cyberteologia fala sobre evangelização no ambiente digital a comunicadores da Canção Nova
Kelen Galvan
Da redação
600x300
Consultor do Pontíficio Conselho para a Cultura e Comunicação, padre Antonio Spadaro / Foto: Wesley Almeida
“Cristianismo em tempo de rede” é o tema do encontrorealizado na sede da Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP). O evento teve início, na tarde desta segunda-feira, 28, e prossegue até amanhã com a presença de padre Antonio Spadaro.
Doutor em Teologia, mestre em Comunicação Social, consultor do Pontíficio Conselho para a Cultura e Comunicação e escritor dos livros ‘Cyberteologia’ e ‘Web 2.0′, padre Spadaro falou aos comunicadores da Canção Nova sobre a cultura digital e a missão da Igreja na rede.
Na primeira colocação, o especialista destacou a visão que a Igreja tem da internet. Padre Spadaro explica que a internet é feita de pessoas e, portanto, não pode ser compreendida de uma forma instrumental.
“Internet não é um instrumento de evangelização, mas um lugar”, destacou.
Segundo ele, a Igreja afirma que não existe um ambiente real e outro virtual, mas os dois fazem parte da vida. “A própria vida se expressa física e virtualmente. O ambiente físico é mais rico na sensibilidade, no tato, no paladar etc., mas no ambiente digital podemos romper a barreira do espaço e do tempo”.
Padre Spadaro recorda que Bento XVI afirmou que o ambiente digital não é um mundo paralelo ou só virtual, mas parte da realidade cotidiana. Nesse sentido, o especialista destaca que tanto a relação face a face pode ter hipocrisia quanto pode ser sincera a relação virtual.
“A autenticidade não é dada pela presença física, mas do coração, na intenção pura, independente do ambiente. A culpa das relações frágeis não é da tecnologia, mas do nosso coração”, alerta.
O sacerdote explica que quando se fala de rede, fala-se de espiritualidade, não de tecnologia. Ao trabalhar com a rede digital, trabalha-se com o coração do homem. “Não é possível falar de espiritualidade, de pastoral e de comunicação sem compreender o valor espiritual da tecnologia”, disse.
No documento Inter Mirifica, em 1963, o Papa Paulo VI disse que a Igreja acolhe e acompanha com especial cuidado as maravilhosas invenções técnicas que abriram novas vias para comunicar, porque mais diretamente, dizem respeito ao espírito do homem.
Bento XVI também destaca que as novas tecnologias podem contribuir para satisfazer o desejo de sentido e unidade que permanecem sendo a inspiração mais profunda do ser humano.
Padre Spadaro afirma que a Igreja compreende, portanto, o valor espiritual do ambiente digital e sobre esse valor se funda a possibilidade do anúncio da fé neste ambiente.
Nesta terça-feira, o especialista dará prosseguimento a essa reflexão, destacando os seis desafios fundamentais para o anúncio da fé na rede.
Os interessados poderão acompanhar o encontro AO VIVO pelo portal cancaonova.com. O link da transmissão ficará disponível no destaque principal do site a partir das 9h.
Postar um comentário